Frente Brasil de Juristas pela Democracia diz que Moro é “parcial” e não pode julgar Lula. Já sabemos do que se trata…

Frente Brasil de Juristas pela Democracia diz que Moro é “parcial” e não pode julgar Lula. Já sabemos do que se trata…

Segundo a Revista Fórum, uma das muitas na esgotosfera petista, um grupo de “Juristas Pela Democracia” tem acusado Sérgio Moro de ser parcial e diz que ele não pode julgar Lula. Na realidade, este grupo não tem poder decisório algum, tudo isso não passa de uma bela encenação.

Fui verificar do que se trata o tal grupo, e como era de se imaginar, não passa de mais um amontoado de pentelhos esquerdistas que criaram uma entidade, uma organização fuleira bancada por supostos juristas. Tudo é só uma fachada para mais um desses muitos tentáculos petistas. Entrei no site oficial da organização, de imediato constatei isso aqui:

çpo

Se sua memória for fraca, vou ajudá-lo.

Deborah Duprat é aquela procuradora que debateu com Miguel Nagib, no mês retrasado, sobre o Escola Sem Partido. Foi ela quem disse que as crianças pertencem ao Estado e não à família. O restante das partes sublinhadas são auto-evidência. Chamam invasão de ocupação, chamam militantes esquerdistas de estudantes, escrevem “advogadxs” e se auto-intitulam um “coletivo”. Já deu para perceber, não é?

Ainda que o grupo contenha mesmo juristas de verdade, é notório que tudo foi criado com o intuito de ser mais um veículo de propaganda petista, sem o menor compromisso com questões realmente jurídicas. O site é hospedado no Blogger, o que significa que o investimento para criá-lo foi bem baixo e, também, significa que qualquer um pode tê-lo criado. Não que isso importe, mas reforça o status de que a organização é muito provavelmente um grupo de petistas enrustidos ou até mesmo assumidos.

No entanto, essa tática não é ruim. A extrema-esquerda possui muitas ONGs, muitas associações e muitas entidades que servem a estes propósitos. É como aquela associação de ciclo-ativistas em São Paulo, que entrou com recursos contra João Doria. Logo descobriu-se que o presidente da entidade era correligionário de Haddad. No entanto, se eles não tivessem dado tanta bandeira, talvez tivesse surtido algum efeito.

A direita pode pegar essa ideia, que não é ruim, e aplicá-la de forma aprimorada. Seria bom que tivéssemos do nosso lado entidades independentes, organizadas por especialistas em suas respectivas áreas, para justamente darmos respaldo técnico às nossas bandeiras políticas.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 8
  • comment-avatar

    Só faltou chamar terrorista de imigrante, assassino de suspeito e atentado de “caminhão”.

  • comment-avatar
    Leandro Campos 3 semanas

    Eu também acho que o Moro está sendo parcial, só manda prender os corruptos de um lado o do lado do Lula (precisamente o LULA) ele até agora nada. Deixa de ser parcial Moro e prende o maior bandido da história desse país!

  • comment-avatar

    Ideia interessante, escreva mais a respeito!

  • comment-avatar
    fnd 3 semanas

    Nada mais ridiculo que pessoas que escrevem com “x” para androginizar os sexos. Bando de idiotxs

  • comment-avatar
    Carlos 3 semanas

    Acho que eles são mesmo é burrxs e boiolxs

  • comment-avatar
    Gilberto Hauer 3 semanas

    A esse grupo de juízes/juristas que, na maior “cara de pau” (aliás típica dos esquerdopatas), se autointitulam “juízes pela democracia” designei, recentemente, no facebook, como “juízes pela ANARQUIA”

    Por outro lado, quem ler o livro (que já citei aqui) do psiquiatra forense americano, com mais de 40 anos de experiência, Dr. Lyle H. Rossiter (2016) ‘A mente esquerdista, as causas psicológicas da loucura política’, irá entender por que esse “pessoalzinho” de esquerda pode e deve ser visto como “esquerdopatas”.

    O autor escreve, por exemplo, que:
    “Muito longe de preparar suas crianças para vidas de liberdade genuína, baseada na AUTONOMIA pessoal, na AUTOCONFIANÇA e na cooperação consentida, a agenda esquerdista promove uma ACOMODAÇÃO INFANTIL e não crítica às regras, regulações e expropriações essenciais ao Estado coletivista e uma dependência igualmente infantil sobre uma sociedade que se compara a uma grande família”.

  • comment-avatar
    eunice 2 semanas

    Bando de bandidos vagabundos. Deveriam ser executados. Simples assim!!