Quatro esquerdistas torturam um eleitor de Trump. Violência choca a Internet. 

Quatro esquerdistas torturam um eleitor de Trump. Violência choca a Internet. 

Um vídeo terrível mostra um homem branco e de direita sendo torturado por quatro indivíduos negros e de esquerda. O vídeo apareceu no Facebook Live ontem no perfil de uma mulher chamada Brittany Herring.

No vídeo, as roupas do eleitor de Trump são cortadas e ele é queimado com cinzas de cigarro. Ele toma chutes, socos e sofre cortes gravíssimos.

Herring diz a razão para a tortura é que o homem branco supostamente votou em Donald Trump.  A vítima possui necessidades especiais e era potencialmente uma pessoa desaparecida, conforme a polícia.

No vídeo, o quarteto diz coisas como: “Foda-se Donald Trump! Fodam-se as pessoas brancas!”. Durante as torturas, eles dão risadas sádicas. Há quem diga que os bandidos foram presos. O jovem agredido foi tratado em um hospital, mas já recebeu alta.

O vídeo é mais uma prova do “acuse-os do que fazemos”. A esquerda acusou antecipadamente Donald Trump de intolerante pois sabiam que seriam eles, os esquerdistas, que levariam a violência política a um novo patamar.

Barack Obama e Hillary Clinton, responsáveis pelos discursos de ódio que estimulam esse tipo de comportamento, estão calados sobre o assunto.

Abaixo, a versão editada para o vídeo:

Este vídeo é bastante longo:

Neste outro vídeo, é possível assistir o grupo forçando o jovem a beber água da privada:

Os vídeos estão sendo deletados da mídia – para proteger a esquerda desta vergonha -, mas ao mesmo tempo estão sendo recuperados por todos os cantos. Essa barbárie não será esquecida. 

COMENTÁRIOS