Você não vai acreditar na explicação bizarra que a JBS deu para defender seu acordo de impunidade

Você não vai acreditar na explicação bizarra que a JBS deu para defender seu acordo de impunidade

Uma coisa é inegável: nenhuma outra empresa corrupta tem mais cara de pau que a JBS e seus donos Joesley Batista e Wesley Batista, que causaram vergonha ao Brasil perante o mundo com seu acordo de impunidade fechado junto a Rodrigo Janot e Edson Fachin.

Agora, para justificar a homologação do acordo de total impunidade, concedida pela PGR, o  grupo J&F, dono da JBS, encaminhou aos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) um levantamento no qual compara os números do acordo de Joelsey Batista com o de outros delatores. A entrega do material visa a discussão sobre a homologação do acordo que foi enviada ao plenário da Corte pelo ministro Edson Fachin.

Clique aqui para baixar o documento. As alegações são absurdas, sem exceção.

Por exemplo, a planilha diz que o número de agentes políticos delatados é maior, porém isso não significa que exista quantidade proporcional de crimes. Por exemplo, da delação de Joesley Batista, poucas prisões foram feitas. Aliás, só se fala na prisão de Aécio Neves, sua irmã e da tentativa de se prender Michel Temer. Se a delação da JBS gerou apenas isso em termos de prisões, ela é frágil, independentemente da quantidade de pessoas delatadas.

Ele usa a afirmação de que no início da investigação estava solto (enquanto Odebrecht estava preso), mas isso não é um bom argumento, pois coloca sob suspeita até mesmo a origem do acordo. Apenas se ele tivesse informações privilegiadas a respeito de alguma investigação sobre ele, isso seria justificável, mas tal argumento pode complicar ainda mais a PGR.

A JBS fala que Joesley pagou R$ 110 milhões em multas, mas vale lembrar que a empresa recuperou todo esse valor ao investir no mercado a partir de informações privilegiadas com a quebra da economia nacional. Logo, é um argumento contra a impunidade da JBS.

A situação toda amplia a vergonha e torna o acordo de impunidade ainda mais indefensável.

Em tempo: é vital requisitar o cancelamento do acordo e a imediata prisão dos irmãos JBS, mas ao mesmo tempo a manutenção de todas as provas coletadas. Ou seja, é preciso fugir da falácia de que pedir a punição aos irmãos JBS é “cancelar a delação”. Fique de olho pois estão tentando esse truque a todo momento.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 4
  • comment-avatar
    ricardo kenji 6 dias

    1) O Jô JBS pensa que está uma competição de “Mister Dedo-Duro Premiado”, para saber quem delata o maior número de cúmplices e beneficiados.
    Uma vez Jô JBS, sempre “cheater and gambler”.
    Além de criminoso reincidente irrecuperável e oportunista, é um otário. Se delatou mais pessoas, isso significa que chefiou vários esquemas, ou seja, ocasionou mais males ao país, roubou mais e portanto deveria receber a maior pena possível.
    Entretanto, o Robespierre Janot – guilhotinador de cabeças políticas da Churrascaria Geral da República – transformou o Lulão das Carnes num herói, especialmente da extrema esquerda marinista e dos jacobinos mainardistas
    2) A esperança era ver o Jô JBS ser preso pelas autoridades norte-americanas, uma vez que estava nos Estados Unidos curtindo a vida. Infelizmente, o malandro sacou que permanecer lá seria um péssimo negócio.
    Agora que ele está na República Bananeira com ampla imunidade janotista fachiniana , será impossível algum juiz norte-americano conseguir sua extradição – o STF bolivariano não autorizará a ida do “herói do povo brasileiro”.
    É melhor viver solto e megabilionário no Brasil, escoltado por seguranças armados e passeando em veículos blindados terrestres, aéreos e aquáticos, do que comer a quentinha com carne Friboi em alguma Supermax dos Estados Unidos.
    Debochando dos brasileiros que pagam impostos e dos desempregados, melhor ainda.

  • comment-avatar
    Debora 6 dias

    Essa delação é uma das maiores indecências que aconteceram nos últimos tempos.Só alguém muito ignorante ou muito cínico pode aceitar isso.

  • comment-avatar
    Carlos 6 dias

    Janot e Fachin é que devem ser presos. Pra ontem!

  • comment-avatar
    david orrico dos santos 5 dias

    Concordo, vão debochar da população brasileira na cadeia!